A variante XBB.1.5 se espalhará mais rapidamente nos próximos dias

O reitor da Faculdade de Medicina da Universidade Sivas Cumhuriyet (SCU), Prof. Dr. Ahmet Alim, fez declarações sobre a variante XBB.1.5 do coronavírus, que se espalhou nos últimos dias.

ESTÁ SE ESPALHANDO MUITO RAPIDAMENTE POR MASSAS FECHADAS

Afirmando que a variante XBB.1.5 agora está mostrando seu efeito em todo o mundo, o Prof. Dr. Alim disse: “Atualmente, ela é vista como uma subvariante da Covid em todo o mundo. Sua contagiosidade é bastante alta em comparação com as variantes anteriores. Ele também tem uma fuga rápida de elementos do sistema imunológico e anticorpos. Por isso se espalha muito rapidamente entre as massas no ambiente fechado. Acho que nos próximos dias. Ele vai mostrar um pouco mais espalhado. Mas este não é como as variantes anteriores. As variantes anteriores eram um pouco mais selvagens. Essa variante era um pouco mais legal, um pouco melhor e não colocava muito as pessoas no hospital. As taxas de hospitalização são muito menores. Mas a taxa de adoecimento na comunidade é muito maior. Alto. Novamente, os sintomas mais óbvios são tosse, fraqueza semelhante ao resfriado, fadiga, mal-estar, febre, dor de garganta e dores no corpo. Já no momento, gripe e coronavírus estão quase misturados na sociedade. Hoje no mundo, no hemisfério norte, quase a variante XBB.1.5 não entrou. É como se não existisse. Invadiu todos os países. É assim em nosso país agora. “Muitos casos de tosse, dor de garganta e mal-estar são, na verdade, variantes XBB.1.5”, disse ele.

“BAIXO RISCO DE MORTE”

Enfatizando que a variante tem baixo risco de morte, o Prof. Dr. Alim disse: “O risco de morte nessa variante é baixo. Em outras palavras, não é como as variantes anteriores. No entanto, quando dizemos baixo, é claro que a taxa de mortalidade pode ser alta em pessoas com mais de 65 anos, em transplantes de órgãos, quimioterapia e diabetes. O sistema imunológico também é muito importante. Por isso dizemos que a vacinação é obrigatória. A imunização é obrigatória. Queremos que as pessoas sejam vacinadas. Mais uma vez, podemos removê-lo da sociedade com a vacinação. Podemos derrotá-lo com a vacinação. Vacina, máscara, distanciamento e higiene também são fatores muito importantes. A vacina mantém o sistema imunológico celular ativo em nosso corpo. Sempre dizemos isso. XBB.1.5 Imunidade Podemos superar o sistema imunológico. No entanto, não pode superar todo o sistema imunológico. Temos que ser vacinados para manter o sistema imunológico ativo. Caso contrário, não podemos ativar a imunidade celular no corpo imediatamente. Isso leva algum tempo. Nesse tempo, podemos perder pacientes às vezes. Por isso precisamos ativar o sistema imunológico. Embora esse vírus escape do sistema imunológico, ele precisa ser vacinado. nós”, disse ele.

“NÃO FIQUE MUITO TEMPO EM AMBIENTES FECHADOS”

Afirmando que não se deve ficar muito tempo em ambientes fechados, o Prof. Dr. Ahmet Alim disse: “As pessoas precisam usar máscaras. Além disso, é preciso não levar ao máximo pessoas com mais de 65 anos para ambientes fechados. Mesmo que tenhamos que levá-los, é preciso estar atento à higiene e ao distanciamento. As regras de máscara e distância são importantes até passarmos por este período de inverno.”

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *