Aldi acelera expansão em Espanha com abertura de 50 supermercados em 2023 | Economia

A cadeia de supermercados alemã Aldi vai acelerar este ano a sua expansão no mercado espanhol com a abertura de 50 novas lojas que se vão juntar aos 394 estabelecimentos que já possui em todo o território, informou a empresa esta quinta-feira. Quatro autonomias (Madri, Catalunha, Andaluzia e Comunidade Valenciana) concentrarão quase metade do crescimento previsto para 2023, enquanto o grupo abrirá pela primeira vez em Melilha.

A Aldi é uma das empresas do sector que mais abre em Espanha, que considera um mercado estratégico para o seu crescimento na Europa e onde aportou em 2002. A empresa, com um modelo de negócio baseado em descontos e uma sortido composto por 86% de marcas próprias, vai continuar a reforçar a sua presença este ano apesar do desafio colocado pelo atual cenário de custos extra. Nos últimos três anos, abriu perto de uma centena de estabelecimentos, num ritmo de 40 aberturas por ano em 2021 e 2022, que subirá para 50 em 2023.

“O compromisso da Aldi com a Espanha continua forte e inalterável”, diz o assessor sênior na Espanha, Valentín Lumbreras, no comunicado. A área comercial é atualmente de cerca de 440.000 metros quadrados. O grupo, cuja força de trabalho cresceu 12% no último ano para 6.600 pessoas, também continuará crescendo nas regiões onde abriu recentemente ou com menos lojas, como o norte da Espanha ou as Ilhas Canárias, onde já possui nove estabelecimentos desde a sua chegada em julho de 2022 e que vão continuar a aumentar ao longo do ano.

Quota de mercado

Atualmente, a empresa tem uma participação de mercado de 1,5%, segundo dados da consultoria Kantar. E seus dois rivais imediatos, Lidl e Dia, têm 5,9% e 4,8%, respectivamente, em um mercado liderado pela Mercadona (25,3%) e Carrefour (9,7%).

Paralelamente, a rede de supermercados também reforçou sua capacidade logística. No ano passado, ampliou seu centro em Dos Hermanas (Sevilha) e Masquefa (Barcelona) e lançou uma nova plataforma nas Ilhas Canárias (em Agüimes, Gran Canaria). A empresa está agora a trabalhar na construção de um novo armazém de mais de 30.000 metros quadrados em Sagunto (Valência) e outro de mais de 40.000 metros quadrados em Miranda de Ebro (Burgos), com o objetivo de apoiar o abastecimento das suas lojas em na zona do arco mediterrâneo e no norte do país.

Atualmente, conta com mais de 170.000 m2 de superfície logística, o que representa um aumento de 45% face a 2020. Concretamente, e nos últimos dois anos, a empresa agregou mais de 53.000 metros quadrados em Espanha.

O PAÍS da manhã

Acorde com a análise do dia por Berna González Harbor

RECEBA-O

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *