Amancio Ortega compra um arranha-céu residencial de luxo em Seattle por 304 milhões | Economia


A Pontegadea continua a sua firme aposta no mercado imobiliário dos Estados Unidos. O grupo de propriedade de Amancio Ortega, fundador da Inditex, comprou um arranha-céu residencial de luxo em Seattle, segundo a documentação do registro de propriedades de Seattle e confirmaram fontes do grupo. Pagará 322,7 milhões de dólares (cerca de 304 milhões de euros ao câmbio atual) pelo edifício Kiara, uma torre de 40 andares e 133 metros de altura com 461 apartamentos e que foi concluída em 2018. É o primeiro arranha-céu do bairro de South Lake Union e um dos poucos prédios altos fora do centro de Seattle, embora não seja muito longe disso.

Segundo informações do cartório de imóveis consultadas pelo EL PAÍS, além dos 322,7 milhões de dólares, Pontegadea teve que pagar 11,25 milhões de dólares em impostos. A operação foi fechada por meio da empresa Pontegadea Kiara, LLC, com sede em Delaware, mas com sede operacional em Miami, de onde o grupo patrimonial de Amancio Ortega administra suas propriedades nos Estados Unidos. A compra foi registrada nesta terça-feira, 13 de dezembro, e assinada por Patricia Alonso, chefe da Pontegadea nos Estados Unidos.

A torre fica próxima à sede da gigante do comércio eletrônico Amazon, que abriu caminho para os investimentos imobiliários do empresário na cidade. A Pontegadea Inmobiliaria chegou a um acordo, fechado no início de 2019, para a compra de parte da sede da Amazon em Seattle (Estados Unidos) por cerca de 740 milhões de dólares. Nesse mesmo ano, adquiriu um complexo de escritórios em Seattle por US$ 415 milhões cujo inquilino é a empresa de tecnologia Facebook.

Os Estados Unidos se tornaram o principal foco dos investimentos imobiliários de Amancio Ortega nos últimos anos. Em outubro passado, a empresa de investimentos do fundador da Inditex fechou a compra de um arranha-céu de aluguel no número 19 da Dutch Street, no coração de Manhattan, por 487,5 milhões de dólares. A operação em Seattle marca mais um passo no setor imobiliário residencial. Até a compra do arranha-céu de Nova York, Ortega sempre preferiu escritórios ou prédios comerciais.

A torre de Seattle tem 461 casas de diferentes tamanhos. A maior, uma cobertura de 3.000 pés quadrados, foi alugada por cerca de US$ 20.000 por mês quando foi colocada no mercado há dois anos. Possui estúdios e apartamentos de dois e três quartos, com preços a partir de pouco mais de US$ 2.000 para os apartamentos menores. Alugar um apartamento de 200 metros quadrados e três quartos em um dos andares mais altos custa pouco mais de US$ 13.000.

Cobertura do prédio de apartamentos comprado por Amancio Ortega em Seattle, em imagem do site da incorporadora.
Cobertura do prédio de apartamentos comprado por Amancio Ortega em Seattle, em imagem do site da incorporadora.

Uma das joias do edifício é o terraço na cobertura do 41º andar com churrasqueiras, salas de jantar, lounges, mesas ao ar livre e vistas espetaculares de Seattle. Dispõe de ginásio, business center, salas de reuniões, sala de jogos, hall de residentes com refeitório, cacifos e câmaras frigoríficas para embalagens, espaços de entretenimento e zona de jogos para cães, entre outros serviços, de acordo com o site da promotora.

O edifício possui um parque de estacionamento com 374 lugares, postos de carregamento para veículos elétricos, quase 200 lugares para bicicletas e espaços de lazer como um alpendre exterior e um terraço na cobertura. O zócalo abriga 1.400 metros quadrados de espaços comerciais.

O desenvolvedor, Holland Partner Group, contratou o escritório de arquitetura Weber Thompson para projetar um edifício que refletisse tanto as origens industriais do bairro (como visto no pedestal de tijolos de seis andares) quanto o futuro de alta tecnologia (como visto no exterior de vidro do a torre).

Amancio Ortega fechou neste verão a compra em bloco de sete centros logísticos de empresas líderes por 905 milhões de dólares. São propriedades de distribuição estrategicamente localizadas que possuem contratos de aluguel de longo prazo com empresas líderes: Amazon, Fedex TJX, Home Depot e Nestlé. Quando negociada em conjunto, tem sido a maior operação —imobiliária ou em qualquer outro setor— realizada pela sociedade patrimonial de Ortega. Esses investimentos logísticos estão em seis estados: Texas, Pensilvânia, Wisconsin, Carolina do Sul, Virgínia e Tennessee.

O PAÍS da manhã

Acorde com a análise do dia por Berna González Harbor

RECEBA-O



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *