Ayesa conclui compra da Ibermática | Economia


A Ayesa, fornecedora andaluza de serviços de tecnologia e engenharia, concluiu a compra de 100% da Ibermática com ProA Capital e outros acionistas minoritários, incluindo ONCE e Kutxabank, após receber as autorizações da CNMC e do Governo da Espanha. A Ayesa não divulgou o valor da operação, anunciada em agosto passado, e que prevê que a tecnológica basca mantenha sua atual sede no País Basco.

O faturamento combinado de ambas as empresas é de 600 milhões de euros, o que já as coloca entre as cinco maiores consultorias de TI da Espanha por receita e com uma força de trabalho de mais de 11.000 profissionais. Fundada em 1973, a Ibermática fechou 2021 com 4.750 colaboradores e uma faturação de 276 milhões de euros.

Em escala internacional, o novo grupo terá uma rede comercial e operacional em 22 países e agregará mais de 11.000 profissionais especializados em mais de 70 disciplinas. A Ayesa continuará com sua estratégia de investimentos e estudará novas transações para complementar serviços tecnológicos e de engenharia, tanto dentro como fora da Espanha, conforme indicado pela empresa em um comunicado.

Esta é a terceira operação societária da Ayesa, que é controlada pelo fundo A&M Capital Europe desde que adquiriu a empresa no ano passado, depois de ter feito outras duas compras neste ano (M2C e a irlandesa ByrneLooby).

A operação formará um grupo com altas capacidades tecnológicas e ampla penetração setorial, bem como implantação em toda a Espanha. Relativamente à oferta, o grupo vai reforçar os seus serviços em inteligência artificial, data analytics, automação e robotização de processos ou desenvolvimento de aplicações nativas em nuvens. Além disso, ocupará uma posição privilegiada pelo número de consultores SAP certificados e por realizar grandes projetos de migração de datacenters para multicloud. Da mesma forma, a combinação de ambas colocará a nova organização como fornecedora de referência na Espanha de serviços tecnológicos para energia e Serviços de utilidade pública e administrações públicas.

O PAÍS da manhã

Acorde com a análise do dia por Berna González Harbor

RECEBA-O



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *