Operação lançada contra 51 suspeitos de crime organizado em Mersin


Operação contra 51 suspeitos de crime organizado

Uma operação de madrugada foi realizada em Mersin para prender 51 suspeitos de crime organizado.

A Delegacia de Combate ao Contrabando e Crime Organizado da Polícia Provincial iniciou uma investigação contra os suspeitos alegadamente envolvidos em crimes de fraude e usura.

Nesse contexto, 10 suspeitos, que se apresentaram como estagiários do Ministério Público, advogados, policiais e vigilantes de bazar e bairro, disseram que entraram em contato com pessoas que possuem processos e inquéritos na polícia e no tribunal, e que poderiam entregar o caso e arquivos de investigação em seu favor depois de ganhar sua confiança. Foi determinado que eles tiveram um lucro injusto de 1 milhão de liras.

Nos estudos, foi determinado que 34 suspeitos não pagaram seus prêmios fingindo estar segurados através de “empresas fictícias” em troca de dinheiro, embora não estivessem trabalhando ativamente, e mudando os endereços das empresas que emprestaram ou fechando-as , aproveitaram-se de todos os direitos concedidos aos empregados segurados e infligiram grande prejuízo à Instituição de Previdência Social (SGK).

Por outro lado, no exame dos relatórios do Conselho de Investigação de Crimes Financeiros (MASAK), foi determinado que 7 suspeitos estavam envolvidos em usura em troca de juros elevados.

Como resultado do acompanhamento técnico e físico que durou cerca de 6 meses, foram determinadas as identidades dos 51 suspeitos em questão.

Uma operação simultânea foi realizada para prender os suspeitos. Cerca de 300 policiais participaram da operação assistida por drones, iniciada ao amanhecer.

A polícia de operações especiais tomou medidas de segurança com armas de cano longo na entrada das ruas nos endereços invadidos.

O trabalho da polícia para pegar os suspeitos e suas buscas nos endereços continua.



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *