Pelo menos dois mortos em tiroteio no centro de Paris | Internacional


Pelo menos duas pessoas morreram e cerca de quatro ficaram feridas – duas gravemente – num tiroteio ocorrido esta sexta-feira ao meio-dia no coração de Paris, conforme confirmado pela Polícia francesa na sua conta do Twitter. O suposto agressor, um homem de cerca de 69 anos, foi preso, conforme confirmado pelo ministro do Interior, Gérald Darmanin. Os motivos do ocorrido, ocorrido próximo ao centro curdo Ahmet Kaya, na rue d’Enghien, no 10º distrito da capital francesa, ainda são desconhecidos. A polícia iniciou uma investigação e pediu aos cidadãos que evitem a área para que possam fazer seu trabalho. Por sua vez, a Procuradoria de Paris anunciou que foi aberta uma investigação por “assassinato, homicídio voluntário e violência agravada”, informa a EFE.

Um lojista de um prédio vizinho no centro curdo, que deseja permanecer anônimo, ouviu “entre sete e oito tiros na rua”. “Foi um pânico total. Continuamos trancados”, declarou, segundo o jornal o mundo.

de acordo com o jornal le parisiense, o homem é cidadão francês e aposentado da SNCF, a companhia ferroviária nacional, onde trabalhou como maquinista. Durante sua prisão, a polícia apreendeu a arma que ele usou para atirar. Darmanin anunciou no Twitter seu retorno a Paris para ir ao local, a poucos quilômetros da Ópera. “Meus pensamentos estão com as famílias das vítimas”, disse ele.

Junte-se ao EL PAÍS para acompanhar todas as notícias e ler sem limites.

se inscrever

[Noticia de última hora. Habrá actualización en breve]

Acompanhe todas as informações internacionais sobre Facebook Y Twitterou em nosso boletim semanal.





Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *