Por que a contagem está demorando tanto no Ocidente?

A tensão do dia da eleição concentrou-se em Nevada e Arizona. Com a Geórgia fora da equação, ganhar os dois assentos é fundamental para controlar a câmara alta. A contagem, no entanto, é agonizante. E não se espera que tenha ficado claro nas disputas tão importantes desta quarta-feira.

Em Nevada, por exemplo, o funcionário encarregado da contagem de votos no condado de Clark (Las Vegas, o mais populoso) explicou que estão processando todos os pacotes que chegaram pelo correio na segunda-feira, que somam cerca de 14.000 envelopes. mais. E isso sem contar as cédulas que foram depositadas no correio nesta terça-feira em dia de eleição, que também são legais. “É uma quantia considerável”, disse Joe Gloria na quarta-feira. O responsável informou que haverá uma atualização esta noite, mas que será “mínima”.

Esses votos podem ser definitivos para a disputa pelo Senado. Atualmente, o republicano Adam Laxalt, apoiado por Donald Trump, está na liderança com uma vantagem de 22 mil votos contra Catherine Cortez Masto, a democrata que luta para permanecer no Senado. Apenas 66% das urnas foram apuradas em um Estado com 3,2 milhões de habitantes.

No condado de Washoe, no mesmo Estado, o responsável pelas eleições afirmou ter recebido 4.000 cédulas por correio. “É definitivamente muito mais do que esperávamos hoje”, disse ele. Ao contrário de Clark County, Washoe é um reduto republicano onde Laxalt tem uma chance melhor de estender sua vantagem de menos de dois pontos percentuais.

Dentro Arizona a imagem é parecida. Os democratas Mark Kelly e Katie Hobbs viram suas vantagens reduzidas ao longo das horas nas batalhas pelo Senado e pelo governo local, respectivamente. Restam 33% dos votos a serem contados. Somente no condado de Pinal, 26.000 cédulas ainda precisam ser processadas, 9.000 em Yuma e 12.000 em Cochise. A lei local dá até 28 de novembro para encerrar o processo de contagem.

A fotografia é da Reuters.



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *