Tensão entre Líbia e Egito: Rejeitamos totalmente a decisão


O Ministério das Relações Exteriores da Líbia fez uma declaração sobre a decisão presidencial de que o Egito anunciou em 11 de dezembro que determinava as fronteiras marítimas ocidentais.

No comunicado, que afirma que a decisão do Egito viola as águas territoriais e a plataforma continental da Líbia, “as fronteiras determinadas pelo Egito são injustas de acordo com o direito internacional, pois são declaradas unilateralmente”. declarações foram incluídas.

No comunicado, foi enfatizado que, de acordo com a convenção da Organização das Nações Unidas (ONU) e os princípios de direito internacional, “as fronteiras marítimas entre dois países vizinhos devem ser determinadas por um acordo alcançado por meio de negociações que garanta os interesses de ambas as partes e respeite princípio da igualdade”.

Na declaração, que observou que a Líbia “rejeitou completamente” a decisão do Egito no âmbito do direito internacional, foi feito um apelo ao governo egípcio para iniciar negociações com o Governo de Unidade Nacional da Líbia sobre a determinação das fronteiras marítimas.

Nas notícias da mídia egípcia em 13 de dezembro, foi publicada a decisão do presidente egípcio Abdel Fattah es-Sisi sobre a determinação das fronteiras marítimas ocidentais do país.

* As imagens da notícia foram cedidas pela Reuters.



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *